Banner 728x90

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cabeças de chave do Saquarema Surf Festival estreiam em altas ondas na Praia de Itaúna


PRAIA DE ITAÚNA, Saquarema / RJ (Quarta-feira, 19 de outubro de 2022) - O Maracanã do surfe brasileiro bombou altas ondas para a estreia dos cabeças de chave do Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves. As principais atrações do evento apresentado pela Prefeitura de Saquarema, deram um show nas ondas de 4-6 pés da quarta-feira na Praia de Itaúna. O destaque do dia foi Michael Rodrigues, que bateu todos os recordes do campeonato. Mas, teve o campeão mundial Adriano de Souza vencendo a bateria mais aguardada do dia e a batalha pelas vagas no G-8 do ranking da WSL Latin America, que foi travada em quase todas as baterias.

A quarta-feira foi encerrada com os quatro primeiros confrontos da categoria Pro Junior Sub-20, que prossegue nesta quinta-feira, a partir das 8h00, ao vivo da Capital Nacional do Surf pelo WorldSurfLeague.com. Será a vez da nova geração da América do Sul, se apresentar no maior campeonato do ano no continente. São 48 participantes na categoria masculina e 25 na feminina, disputando a penúltima etapa na briga pelos títulos de 2022 da WSL Latin America, além de quatro vagas para o Mundial da World Surf League, duas pelo ranking masculino e duas pelo feminino.

Cauã Costa vai defender o título da categoria Pro Junior em Saquarema (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

Em 2021, Cauã Costa e a peruana Sol Aguirre foram campeões sul-americanos com as vitórias na Praia de Itaúna. A categoria Pro Junior é a última competição do Saquarema Surf Festival que está sendo iniciada esse ano. Os participantes do QS 5000 feminino e do Longboard, estrearam na terça-feira. E na quarta-feira, foi a vez das principais estrelas do QS 5000 masculino, fazerem suas primeiras apresentações no maior palco do esporte na América do Sul. A Praia de Itaúna bombou altas ondas de 4-6 pés durante todo o dia, para eles darem um show a cada bateria.

Logo na terceira do dia, o cearense Michael Rodrigues, que mora em Florianópolis (SC) há muitos anos, achou boas esquerdas abrindo o paredão para ele mostrar toda a potência do seu backside, combinando grandes manobras no crítico das ondas. Ele foi recompensado pela atitude e alto risco do seu ataque, com os juízes dando notas 8,77 e 8,33 nas duas melhores que surfou. Com os 17,10 pontos que totalizou, se tornou o novo recordista absoluto do Saquarema Surf Festival 2022.

Michael Rodrigues após bater todos os recordes do Saquarema Surf Festival (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

“As ondas estão incríveis. Já surfei desde as 5h00 da manhã e torcendo pra começar logo o campeonato, porque tinha muita onda boa desde cedo. Saquarema é incrível e esse ano não está sendo diferente”, disse Michael Rodrigues, que é o brasileiro mais bem colocado no ranking atual do Challenger Series, o único que está no grupo dos 10 surfistas que se classificarão para a elite do World Surf League Championship Tour de 2023. A penúltima etapa deste novo circuito de acesso para o CT, vai acontecer também na Praia de Itaúna, nos dias 1 a 8 de novembro.

“Fico feliz de fazer uma bateria assim, mas ao mesmo tempo preocupado, porque tem muita coisa pela frente”, analisou Michael Rodrigues“São dois eventos que vão rolar aqui, então manter esse ritmo é bem difícil. Mas, estou amarradão e bem tranquilo para este primeiro evento. Para mim é um grande treino, porque eu estaria mentindo se não dissesse que estou mais focado no próximo evento, o Challenger que vai rolar daqui a duas semanas”.

Alex Ribeiro foi um dos ex-tops do CT que estrearam na quarta-feira (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

Michael Rodrigues já fez parte do CT até 2019 e outros onze ex-tops da elite mundial também competiram na quarta-feira. Três deles se enfrentaram na nona bateria, que foi a mais aguardada do dia e poderia até ser uma grande final do Saquarema Surf Festival. Nela, estava o campeão mundial Adriano de Souza, que festejou sua última vitória no CT na Praia de Itaúna em 2017, o paranaense Peterson Crisanto e o vice-campeão da estreia deste evento promovido pela 213 Sports em homenagem a Leo Neves, João Chianca, que é de Saquarema. 

BATERIA DO DIA - Mas, quem largou na frente foi o uruguaio Marco Giorgi, conhecido pelo seu “power surf” que se encaixou bem nas condições do mar. Ele começou com nota 6,00, contra 5,67 do Adriano de Souza e 5,60 do João Chianca. O campeão mundial escolheu surfar mais à direita da arena do evento e lá achou uma boa direita para mandar três manobras fortes que valeram 7,33. Essa nota confirmou a vitória de Mineirinho por 13,00 pontos. Nos minutos finais, Chumbinho apostou nas direitas e garantiu sua classificação, somando 12,60 com a nota 7,00 da sua última onda.

João Chianca foi buscar a classificação nas direitas de Itaúna (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

“Foi muito difícil essa bateria”, admitiu João Chianca“Eu fiquei cercado ali pelo Petersinho e pelo Marco o tempo todo. Acho que a gente estava querendo pegar o mesmo tipo de onda. O campeão mundial, eu sabia que ele ia fazer boas escolhas, então eu não tava confiante em ficar do lado dele. Depois, vim buscar a classificação nos 5 minutos finais aqui nas direitas do point, então estou feliz por ter conseguido. Foi mais uma bateria apertada, de tantas esse ano, mas o importante era passar”.

O campeão mundial também comentou sobre a dificuldade da sua bateria de estreia no Saquarema Surf Festival“Foi uma bateria forte, com três caras que já foram CT e o Marco (Giorgi), que também tem grande potencial pra estar no CT. Mas, quem define tudo é o mar, então eu estava focado no mar, concentrado no meu surfe, na minha prancha e graças a Deus eu fui abençoado. Na verdade, eu tive um pouco de sorte em esperar a onda certa pra surfar e para passar a bateria”

Adriano de Souza também falou sobre voltar a competir nas ondas de Itaúna, onde festejou sua última vitória em etapas do CT, em 2017: “Essa cidade é o Maracanã do surfe, sempre vai ser. E esse campeonato é especial, tem a homenagem para o Leo Neves, que foi um parceiro meu no circuito mundial. É muito legal um campeonato para relembrar ele, porque aqui era a vida dele”.

Adriano de Souza voltando ao palco da sua última vitória no CT (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

MEMÓRIA A LEO NEVES - O bicampeão brasileiro faleceu no mar na Praia de Itaúna, enquanto competia em um evento local de Saquarema. A agência 213 Sports, decidiu homenagear Leo Neves promovendo um grande Festival de Surf, com etapas do Qualifying Series, Pro Junior e Longboard, todas com as categorias masculina e feminina, realizadas com o princípio da igualdade na premiação para as mulheres receberem o mesmo valor dos homens na mesma colocação. 

O filho de Leo Neves também estreou na quarta-feira e se classificou em segundo lugar na bateria vencida por outro talento da nova geração, Caio CostaValentin Neves está mais próximo do grupo dos 8 primeiros colocados no ranking regional da WSL Latin America, que se classificarão para disputar vagas para o CT no Challenger Series de 2023. Ele é o 15.o colocado e o Saquarema Surf Festival é uma das três etapas da temporada com status QS 5000, que vale a maior pontuação.

“Estou tentando manter o foco, mas competir nesse evento aqui, é bem mais difícil do que a galera imagina”, disse Valentin Neves“Por estar em casa, fico um pouco mais pressionado e o campeonato é em homenagem ao meu pai, então quero fazer meu melhor, representar o nome da família, aí acaba tendo um pouco de pressão a mais. Estou em 15.o no ranking e quero tentar um bom resultado pra me classificar pro Challenger Series do ano que vem. Então, é continuar trabalhando duro pra avançar mais baterias, até chegar na final. Esse é o objetivo”.

Valentin Neves estreando no evento em homenagem ao seu pai (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

VAGAS NO G-8 - Essa batalha por vagas no G-8, foi travada desde a primeira bateria do dia. Dois que estão próximos desse grupo, enfrentaram o líder do ranking, Miguel Tudela. O peruano ganhou as três etapas que disputou esse ano e não perde o primeiro lugar em Saquarema. Mas, ele se classificou em segundo, pois o décimo do ranking, Igor Moraes, achou boas ondas e foi o primeiro a bater os recordes do Saquarema Surf Festival 2022 na quarta-feira. Ele começou com nota 7,00, ganhou 7,50 na segunda onda, 7,17 na terceira e 8,07 na última, quando atingiu 15,57 pontos.

“Foi bem legal a bateria e estou muito feliz por ter conseguido soltar meu surfe”, disse Igor Moraes“Eu quero um resultado maravilhoso aqui e trabalhei muito pra isso, então estou feliz por ter feito essa bateria boa. Tem altas ondas hoje e Saquarema é incrível, eu amo esse lugar. Já ganhei vários campeonatos amadores aqui, já fiz um 10 no SuperSurf aqui, então é um lugar especial pra mim”.

Igor Moraes batendo o líder do ranking na primeira bateria do dia (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

Sete surfistas que chegaram em Saquarema para defender vaga no G-8, competiram na quarta-feira. Quatro passaram para a quarta fase do Saquarema Surf Festival, o líder Miguel Tudela, o argentino José Gundesen e os brasileiros Ian Gouveia e Rafael Teixeira. Mas três foram eliminados, o vice-líder Heitor Mueller e os dois que estavam fechando a lista, Samuel Igo e Vitor Ferreira. Eles acabaram deixando a porteira aberta para vários surfistas com chances de entrar no G-8 nessa semana.

VICE-LIDERANÇA - A 13.a das 16 baterias da terceira fase, reuniu dois deles, Heitor Mueller que estava em segundo no ranking e Rafael Teixeira, quarto colocado. Só que o local de Saquarema, Daniel Templar, mostrou todo seu conhecimento das ondas de Itaúna e surfou as melhores para vencer por 13,23 pontos. O capixaba Rafael Teixeira acabou conseguindo a classificação nos últimos minutos, quando achou uma boa onda para atacar forte e ganhar uma nota 7,50, totalizando 13,00 pontos. Com isso, ele já tirou a vice-liderança no ranking do catarinense Heitor Mueller.

Rafael Teixeira ganhou uma disputa que valeu a vice-liderança no ranking (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

“É mais um campeonato importante de 5.000 pontos e eu já dei um passo bem legal lá no do Chile (em Arica). Mas, o caminho é muito longo ainda, então cada bateria é importante”, disse Rafael Teixeira“O Heitor (Mueller) estava na minha frente do ranking, ele em segundo e eu em quarto, então era superimportante eu passar. Tenho que seguir passando baterias, mantendo o rip, surfando bem. Tem altas ondas e no final encontrei uma boa para fazer uma nota alta e passar”.

LOCAIS DE SAQUAREMA - Essa batalha por vagas no G-8 vai prosseguir no Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves. Os 32 classificados na quarta-feira estão divididos em oito baterias na quarta fase. Os dois melhores em cada avançam para a rodada classificatória para as quartas de final, quando os duelos passam a ser disputados no sistema homem a homem. Quatro surfistas locais de Saquarema seguem na disputa do título, Arthur Maximo na quarta bateria, João Chianca na sexta e Valentin Neves e Daniel Templar juntos na sétima, contra os paulistas Alex Ribeiro e Rodrigo Saldanha.

Arthur Maximo foi o primeiro saquaremense a avançar para a quarta fase (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves é um evento licenciado pela WSL Latin America para a 213 Sports realizar etapas do Qualifying Series e seletivas sul-americanas para os mundiais das modalidades Junior e Longboard, todas com as categorias masculina e feminina. A Prefeitura Municipal de Saquarema apresenta o evento, que é patrocinado pela 51 ICE, Stanley, Surf Trip, Quiksilver, ROXY, Oakley, Layback Beer; além do apoio da Monster Energy, New Era, Australian Gold, Bold Snacks, Castelhana Praia Hotel; com parceria de mídia de Ricosurf.com, Waves, Lance!, Rádio Cidade e institucional da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ) e Associação de Surf de Saquarema. A competição é transmitida ao vivo pelo WorldSurfLeague.com. 

SOBRE A 213 SPORTS- Fundada por Pedro Dau de Mesquita, Yuri Binder, Bernardo Montenegro e Marcelo Montenegro, a 213 Sports nasceu em 2012. Em 2021, a agência foi adquirida pela V3A e, desde então, responde pela vertical de esportes, que integra o pilar de Ventures da companhia. Focada em marketing esportivo, a 213 Sports já realizou mais de 70 projetos para marcas globais e locais, impactando mais de 50 milhões de pessoas no Brasil e no mundo. A 213 Sports vê o esporte como uma plataforma de engajamento e conexão com forte apelo emocional entre as marcas e consumidores, resultando em uma experiência única de sportainment. Insights estratégicos alinhados com o posicionamento da marca, excelência na execução e resultados mensuráveis com retorno social, sempre que possível, são as bases que sustentam a 213 Sports. Responsável por inúmeros cases,a agência se destaca com os projetos: Oi Rio Pro, Sephora Beauty Run, Ceará Kite Pro, WSL House, CamelBak Mountain Race, Casa On Running, Praia Para Todos, Pelé Academia, Saquarema Surf Festival, WTR, Red Bull Pool Clash, entre outros.

BATERIAS DO SAQUAREMA SURF FESTIVAL 2022: 

RESULTADOS DA QUARTA-FEIRA NA PRAIA DE ITAÚNA
:


TERCEIRA FASE DO QS 5000 - entrada dos 32 cabeças de chave:
--------3.o=33.o lugar (US$ 300 e 450 pts) e 4.o=49.o lugar (US$ 200 e 400 pts)
01: 1-Igor Moraes (BRA), 2-Miguel Tudela (PER), 3-Hizunomê Bettero (BRA), 4-Douglas Silva (BRA)
02: 1-Weslley Dantas (BRA), 2-Giovani Pontes (BRA), 3-Lucas Silveira (BRA), 4-Raoni Monteiro (BRA)
03: 1-Michael Rodrigues (BRA), 2-Uriel Sposaro (BRA), 3-Sebastian Olarte (URU), 4-Renan Peres (BRA)
04: 1-Francisco Bellorin (VEN), 2-José Gundesen (ARG), 3-Gabriel A. Vargas (PER), 4-Caetano Vargas (BRA)
05: 1-Santiago Muniz (ARG), 2-Alan Jhones (BRA), 3-Cauã Costa (BRA), 4-Gabriel André (BRA)
06: 1-Alonso Correa (PER), 2-Ryan Kainalo (BRA), 3-Fabricio Rocha (BRA), 4-Pedro Amorim (BRA)
07: 1-Marcos Correa (BRA), 2-Wesley Leite (BRA), 3-Gabriel Klaussner (BRA), 4-Luel Felipe (BRA)
08: 1-Arthur Maximo (BRA), 2-Tomas Lopez Moreno (ARG), 3-Flavio Nakagima (BRA), 4-Jadson André (BRA)
09: 1-Adriano de Souza (BRA), 2-João Chianca (BRA), 3-Peterson Crisanto (BRA), 4-Marco Giorgi (URU)
10: 1-Marco Fernandez (BRA), 2-Cauã Gonçalves (BRA), 3-Vitor Ferreira (BRA), 4-Alejo Muniz (BRA)
11: 1-Ian Gouveia (BRA), 2-Edgard Groggia (BRA), 3-Alex Suarez (EQU), 4-Samuel Igo (BRA)
12: 1-Jessé Mendes (ITA), 2-Leo Casal (BRA), 3-Eduardo Motta (BRA), 4-Daniel Adisaka (BRA)
13: 1-Daniel Templar (BRA), 2-Rafael Teixeira (BRA), 3-Heitor Mueller (BRA), 4-Pedro Neves (BRA)
14: 1-Rodrigo Saldanha (BRA), 2-Diego Aguiar (BRA), 3-Mateus Sena (BRA), 4-Willian Cardoso (BRA)
15: 1-Caio Costa (BRA), 2-Valentin Neves (BRA), 3-Takeshi Oyama (JPN), 4-Matheus Navarro (BRA)
16: 1-Krystian Kymerson (BRA), 2-Alex Ribeiro (BRA), 3-Deivid Silva (BRA), 4-Kaue Germano (BRA)

PRIMEIRA FASE PRO JUNIOR - 3.o=33.o lugar (66 pts) e 4.o=41.o lugar (63 pts):
1.a: 1-Fabricio Rocha (BRA), 2-Yan Sondahl (BRA), 3-Sunny Pires (BRA), 4-Lucas Ribas (BRA)
2.a: 1-Gabriel Klaussner (BRA), 2-Joaquin Reyes (CHL), 3-Manuel Robles (PER), 4-Patrick Plachi (BRA)
3.a: 1-Rafael Guimarães (BRA), 2-Leon De La Torre (CHL), 3-Lucas Catapam (BRA), 4-Takeshi Oyama (BRA)
4.a: 1-Cauet Frazão (BRA), 2-Philippe Neves (BRA), 3-Maximiliano Saenz (EQU), 4-Pedro Martins (BRA)
-----5.a bateria fica para abrir a quinta-feira

BATERIAS DA QUINTA-FEIRA NO SAQUAREMA SURF FESTIVAL:

PRIMEIRA FASE PRO JUNIOR - 3.o=33.o lugar (66 pts) e 4.o=41.o lugar (63 pts):
-----as 4 primeiras fecharam a quarta-feira
5.a: Franco Radziunas (ARG), Pedro Rian Lima (BRA), Rickson Falcão (BRA), Rayan Fadul (BRA)
6.a: Kayan Medeiros (BRA), Samuel Joquinha (BRA), Luan Ferreyra (BRA), Guilherme Ferreira (BRA)
7.a: Marcell Neves (BRA), Guilherme Carvalho (BRA), Yan Feder (BRA), Noah de Oliveira (BRA)
8.a: Rodrigo Saldanha (BRA), Murilo Brandt (BRA), Antonio Carvalho (BRA), Kaue Germano (BRA)

SEGUNDA FASE - entrada dos 16 cabeças de chave:
--------1.o e 2.o=Quartas de Final / 3.o=17.o lugar (200 pts) e 4.o=25.o lugar (150 pts)
1.a: Heitor Mueller (BRA), João Cypriano (BRA), Fabricio Rocha (BRA), Joaquin Reyes (CHL)
2.a: Noel De La Torre (CHL), Mateus Sena (BRA), Gabriel Klaussner (BRA), Yan Sondahl (BRA)
3.a: Daniel Templar (BRA), Valentin Neves (BRA), Rafael Guimarães (BRA), Philippe Neves (BRA)
4.a: Cauã Costa (BRA), Eduardo Motta (BRA), Cauet Frazão (BRA), Leon de la Torre (CHL)
5.a: Ryan Kainalo (BRA), Leo Casal (BRA), 1.o da 5.a, 2.o da 6.a
6.a: Caio Costa (BRA), Cauã Gonçalves (BRA), 1.o da 6.a, 2.o da 5.a
7.a: Daniel Adisaka (BRA), Wallace Vasco (BRA), 1.o da 7.a, 2.o da 8.a
8.a: Diego Aguiar (BRA), Kainan Meira (BRA), 1.o da 8.a, 2.o da 7.a

PRIMEIRA FASE PRO JUNIOR FEMININO - 1.a e 2.a=Quartas de Final:
--------3.a=17.o lugar (200 pontos) e 4.a=25.o lugar (150 pts)
1.a: Sol Aguirre (PER), Rafaella Montesi (CHL), Isabela Saldanha (BRA)
2.a: Isabelle Nalu (BRA), Julia Duarte (BRA), Alexia Monteiro (BRA), Allany Tuze (BRA)
3.a: Kalea Gervasi (PER), Mariana Areno (BRA), Luana Silva (BRA)
4.a: Naire Marquez (BRA), Genesis Garcia (EQU), Dominique Charrier (CHL)
5.a: Tainah Hinckel (BRA), Sophia Driscoll (CHL), Estela Lopez (CHL)
6.a: Kiany Hyakutake (BRA), Sophia Medina (BRA), Vera Jarisz (ARG)
7.a: Laura Raupp (BRA) ). ), Pamella Mel (BRA), Maya Carpinelli (BRA)  :
Arena Rodriguez Vargas (PER), Daniella Rosas (PER), Sophia Gonçalves (BRA ) -------3º lugar=17º lugar (US$) 500 e 800 pts) e 4º=25º lugar (US$ 400 e 720 pts) 1.a: José Gundesen (ARG), Igor Moraes (BRA), Weslley Dantas (BRA), Uriel Sposaro (BRA) 2º: Miguel Tudela ( PER), Michael Rodrigues (BRA), Francisco Bellorin (VEN), Giovani Pontes (BRA) 3º: Santiago Muniz (BRA). (ARG), Wesley Leite (BRA), Alonso Correa (PER), Tomas Lopez Moreno (ARG)






4.a: Ryan Kainalo (BRA), Marcos Correa (BRA), Alan Jhones (BRA), Arthur Maximo (BRA)

BATERIAS DA SEXTA-FEIRA NO SAQUAREMA SURF FESTIVAL:

QUARTA FASE DO QS 5000 MASCULINO - 4 últimas baterias:
--------3.o=17.o lugar (US$ 500 e 800 pts) e 4.o=25.o lugar (US$ 400 e 720 pts)
5.a: Adriano de Souza (BRA), Edgard Groggia (BRA), Marco Fernandez (BRA), Leo Casal (BRA) 
6.a: João Chianca (BRA), Ian Gouveia (BRA), Jessé Mendes (ITA), Cauã Gonçalves (BRA)
7.a: Alex Ribeiro (BRA), Valentin Neves (BRA), Daniel Templar (BRA), Rodrigo Saldanha (BRA)
8.a: Rafael Teixeira (BRA), Krystian Kymerson (BRA), Diego Aguiar (BRA), Caio Costa (BRA) 

TERCEIRA FASE DO QS 5000 FEMININO - 1.a e 2.a=Quartas de Final:
--------3.a=9.o lugar (US$ 1.000 e 1.575 pts) e 4.a=13.o lugar (US$ 700 e 1.440 pts)
1.a: Luana Silva (BRA), Silvana Lima (BRA), Isabelle Nalu (BRA), Kiany Hyakutake (BRA) 
2.a: Sol Aguirre (PER), Dominic Barona (EQU), Summer Macedo (BRA), Genesis Garcia (EQU)
3.a: Sophia Medina (BRA), Daniella Rosas (PER), Naire Marquez (BRA), Kayane Reis (BRA)
4.a: Melanie Giunta (PER), Yanca Costa (BRA), Juliana dos Santos (BRA), Anne dos Santos (BRA)

BATERIAS DO SÁBADO NO SAQUAREMA SURF FESTIVAL:

SEMIFINAIS DO LONGBOARD FEMININO:
--------3.a=5.o lugar (US$ 150 e 500 pts) e 4.a=7.o lugar (US$ 100 e 445 pts)
1.a: Chloé Calmon (BRA), Ayllar Cinti (BRA), Rayane Amaral (BRA), Luana Soares (BRA)
2.a: Maria Fernanda Reyes (PER), Atalanta Batista (BRA), Jasmim Avelino (BRA), Evelin Neves (BRA)

SEMIFINAIS DO LONGBOARD MASCULINO:
--------3.o=5.o lugar (US$ 150 e 500 pts) e 4.o=7.o lugar (US$ 100 e 445 pts)
1.a: Rodrigo Sphaier (BRA), Tony Silvagni (EUA), Carlos Bahia (BRA), Yam Wisman (BRA)
2.a: Jefson Silva (BRA), Piccolo Clemente (PER), Jeferson Silva (BRA), Sebastian Cardenas Aguirre (PER)

João Carvalho
WSL Latin America Media Manager

Gabriel Gontijo
WSL Latin America Comunicações

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE: A World Surf League (WSL) promove as principais competições de surfe no planeta, coroando os campeões mundiais desde 1976, com os melhores surfistas do mundo se apresentando nas melhores ondas do mundo. A WSL é composta por uma divisão de Circuitos e Competições, que supervisiona e opera mais de 180 eventos globais a cada ano; pela WSL WaveCo, que produz as melhores ondas artificiais de alta performance; e pela WSL Studios, com produções independentes de conteúdos e projetos com e sem roteiros.

Para mais informações, visite WorldSurfLeague.com.