Banner 728x90

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Luana Silva se destaca na abertura do QS 5000 feminino no Saquarema Surf Festival



Luana Silva bateu todos os recordes do Saquarema Surf Festival 2022 (
Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)




PRAIA DE ITAÚNA, Saquarema / RJ (Terça-feira, 18 de outubro de 2022) - O Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves deu a largada na etapa feminina do World Surf League (WSL) Qualifying Series na terça-feira, com todas as 39 concorrentes ao título do QS 5000 estreando na Praia de Itaúna. O destaque do dia foi Luana Silva, que em sua primeira vez competindo no Brasil, bateu todos os recordes do evento apresentado pela Prefeitura de Saquarema. A peruana Sol Aguirre começou a defender a liderança no ranking regional da WSL Latin America com vitória e a campeã do QS do ano passado em Itaúna, Sophia Medina, também avançou para a terceira fase. 

Depois das duas rodadas do QS 5000 feminino, já definindo as 16 surfistas que vão disputar classificação para as quartas de final na terceira fase, foi iniciada a competição de Longboard masculino e feminino do Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves. Na quarta-feira, os homens voltam a competir, com o dia começando as 8h00 com a terceira fase do QS 5000. Depois das 16 baterias, acontecem as quatro primeiras da primeira fase do Pro Junior masculino.

Na terça-feira, Luana Silva bateu até todas as marcas das vinte baterias do QS 5000 disputadas pelos homens na segunda-feira. Essa é a primeira vez que ela compete no Brasil e já começou forte sua bateria, destruindo as direitas da Praia de Itaúna. Luana atingiu 15,00 pontos com as notas 8,00 e 7,00 das primeiras ondas que pegou no Maracanã do surfe brasileiro. Os recordes do masculino eram nota 7,33 e 14,00 pontos do Krystian Kymerson no último confronto do primeiro dia.

Luana Silva competindo pela primeira vez em Saquarema como brasileira (Crédito da Foto: Thiago Diz / 213 Sports)

“Estou muito feliz em estar aqui em Saquarema pela primeira vez e por ter conseguido pegar duas ondas boas na bateria”, disse Luana Silva“É a minha primeira vez competindo aqui no Brasil e quero surfar muito aqui em Saquarema ainda, para conseguir uma boa performance no Challenger Series (1 a 8 de novembro), que vai acontecer aqui também”.

Luana Silva é filha de pai e mãe brasileiros, que há muitos anos moram no Havaí, onde ela nasceu. Começou a competir como havaiana, mas neste ano mudou de nacionalidade com total apoio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), para passar a representar a bandeira verde-amarela. Ela iniciou o ano no seleto grupo das top-17 do World Surf League Championship Tour, mas saiu no novo corte da elite no meio da temporada. Agora tenta recuperar a vaga pelo Challenger Series, circuito que a próxima etapa acontece também na Capital Nacional do Surf, nos dias 1 a 8 de novembro.

Outra ex-top da elite mundial do CT que está participando do Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves é a experiente Silvana Lima. A maior surfista do Brasil em todos os tempos, estreou logo depois de Luana Silva e conseguiu a vitória na onda que pegou no último minuto. Silvana está em quarto lugar no ranking regional da WSL Latin America, que classifica quatro surfistas para disputar o Challenger Series em 2023. A número 3, Dominic Barona, do Equador, passou junto com ela, com ambas eliminando a saquaremense Taís Almeida e a carioca Mariana Areno.

Silvana Lima conquistou a vitória no último minuto da bateria (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

“A primeira bateria sempre tem aquela adrenalina e estou feliz por ter passado junto com a Mimi (Dominic Barona) e por estar aqui em Saquarema novamente”, disse Silvana Lima“Aqui é o melhor evento que tem pra gente, porque são muitos pontos. Nós competimos cinco QS 1000 e aqui são 5.000 pontos numa etapa só, então estou superfocada pra poder me classificar pro Challenger Series. Estou muito feliz em estar vivendo essa fase de várias competições no Brasil novamente e amarrodona também em poder viajar para competir por todo o Brasil”.

LÍDER DO RANKING - Outra atração do Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves é a peruana Sol Aguirre. No ano passado, ela conquistou o tricampeonato sul-americano Pro Junior nas ondas da Praia de Itaúna, com a vitória no evento desta categoria Sub-20. Sol Aguirre chega em Saquarema agora liderando esse ranking e também o principal da WSL Latin America, classificatório para o Challenger Series 2023. A peruana venceu sua bateria contra as brasileiras Kiany Hyakutake e Sophia Gonçalves, que foi eliminada junto com a chilena Natalia Escobar.

Sol Aguirrre defende a liderança em dois rankings da WSL Latin America (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

“Tenho boas recordações desse lugar e desse evento realizado em homenagem ao Leo Neves, que foi uma inspiração para nós”, disse Sol Aguirre“Estou me sentindo bem, surfando bem, então espero encontrar o ritmo das ondas e me conectar com o mar, para fazer boas baterias. Fico feliz de estar liderando dois rankings, mas quero tentar ficar tranquila, para dar o melhor de mim em cada bateria. Estou aqui também para me divertir e desfrutar de tudo que Saquarema tem para nós”.

A líder do ranking principal da WSL Latin America, Sol Aguirre, estreou com vitória na segunda edição do Saquarema Surf Festival, mas a vice-líder e também peruana Arena Rodriguez Vargas, foi barrada pelas brasileiras Yanca Costa e Naire Marquez no último confronto do QS 5000 na terça-feira. Outras favoritas, como Tainá Hinckel e Laura Raupp, também não passaram da sua primeira bateria na etapa mais importante da disputa pelas quatro vagas para o Challenger Series. As duas perderam para Juliana dos Santos e a surfista local de Saquarema, Kayane Reis, que passou em primeiro lugar.

FINALISTAS DE 2021 - Já as finalistas da estreia do Saquarema Surf Festival em 2021, avançaram para a terceira fase. A vice-campeã, Daniella Rosas, ganhou sua bateria, mas a defensora do título, Sophia Medina, avançou em segundo no confronto vencido por outra peruana, Melanie Giunta. Com isso, as duas vão voltar a se encontrar já na próxima bateria, que será disputada na sexta-feira. Elas vão enfrentar Kayane Reis e Naire Marquez, na terceira batalha por vagas para as quartas de final da única etapa feminina de 5.000 pontos da temporada 2022/2023 da WSL Latin America.

Sophia Medina voltando ao palco da primeira vitória da sua carreira na WSL (Crédito da Foto: Daniel Smorigo / 213 Sports)

Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves é um evento licenciado pela WSL Latin America para a 213 Sports realizar etapas do Qualifying Series e seletivas sul-americanas para os mundiais das modalidades Junior e Longboard, todas com as categorias masculina e feminina. A Prefeitura Municipal de Saquarema apresenta o evento, que é patrocinado pela 51 ICE, Stanley, Surf Trip, Quiksilver, ROXY, Oakley, Layback Beer; além do apoio da Monster Energy, New Era, Australian Gold, Bold Snacks, Castelhana Praia Hotel; com parceria de mídia de Ricosurf.com, Waves, Lance!, Rádio Cidade e institucional da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ) e Associação de Surf de Saquarema. A competição é transmitida ao vivo pelo WorldSurfLeague.com. 

SOBRE A 213 SPORTS - Fundada por Pedro Dau de Mesquita, Yuri Binder, Bernardo Montenegro e Marcelo Montenegro, a 213 Sports nasceu em 2012. Em 2021, a agência foi adquirida pela V3A e, desde então, responde pela vertical de esportes, que integra o pilar de Ventures da companhia. Focada em marketing esportivo, a 213 Sports já realizou mais de 70 projetos para marcas globais e locais, impactando mais de 50 milhões de pessoas no Brasil e no mundo. A 213 Sports vê o esporte como uma plataforma de engajamento e conexão com forte apelo emocional entre as marcas e consumidores, resultando em uma experiência única de sportainment. Insights estratégicos alinhados com o posicionamento da marca, excelência na execução e resultados mensuráveis com retorno social, sempre que possível, são as bases que sustentam a 213 Sports. Responsável por inúmeros cases, a agência se destaca com os projetos: Oi Rio Pro, Sephora Beauty Run, Ceará Kite Pro, WSL House, CamelBak Mountain Race, Casa On Running, Praia Para Todos, Pelé Academia, Saquarema Surf Festival, WTR, Red Bull Pool Clash, entre outros.

BATERIAS DO SAQUAREMA SURF FESTIVAL 2022

RESULTADOS DA TERÇA-FEIRA NA PRAIA DE ITAÚNA:


PRIMEIRA FASE DO QS 5000 FEMININO
--------3.a=33.o lugar (US$ 300 e 450 pts) e 4.a=37.o lugar (US$ 275 e 439 pts):
1.a: 1-Genesis Garcia (EQU), 2-Mariana Areno (BRA), 3-Dominique Charrier (CHL)
2.a: 1-Vera Jarisz (ARG), 2-Natalia Escobar (CHL), 3-Pamella Mel (BRA), 4-Estela Lopez (CHL)
3.a: 1-Anne dos Santos (BRA), 2-Juliana dos Santos (BRA), 3-Bruna Carderelli (BRA), 4-Rafaella Montesi (CHL)
4.a: 1-Catalina Mercere (ARG), 2-Alexia Monteiro (BRA), 3-Lorena Fica (CHL), 4-Sofia Driscoll (CHL)

SEGUNDA FASE - entrada das 24 cabeças de chave
--------3.a=17.o lugar (US$ 500 e 800 pts) e 4.a=25.o lugar (US$ 400 e 720 pts)
1.a: 1-Luana Silva (BRA), 2-Genesis Garcia (EQU), 3-Isabela Saldanha (BRA), 4-Karol Ribeiro (BRA)
2.a: 1-Silvana Lima (BRA), 2-Dominic Barona (EQU), 3-Taís Almeida (BRA), 4-Mariana Areno (BRA)
3.a: 1-Summer Macedo (BRA), 2-Isabelle Nalu (BRA), 3-Julia Duarte (BRA), 4-Vera Jarisz (ARG)
4.a: 1-Sol Aguirre (PER), 2-Kiany Hyakutake (BRA), 3-Sophia Gonçalves (BRA), 4-Natalia Escobar (CHL)
5.a: 1-Daniella Rosas (PER), 2-Anne dos Santos (BRA), 3-Kalea Gervasi (PER), 4-Julia Santos (BRA)
6.a: 1-Kayane Reis (BRA), 2-Juliana dos Santos (BRA), 3-Tainá Hinckel (BRA), 4-Laura Raupp (BRA)
7º: 1-Melanie Giunta (PER), 2-Sophia Medina (BRA), 3-Maya Carpinelli (BRA), 4-Catalina Mercere (ARG)
8º: 1-Yanca Costa (BRA), 2-Naire Marquez (BRA) , 3-Alexia Monteiro (BRA), 4-Arena Rodríguez Vargas (PER)

Sexta Feira: TERCEIRA FASE DO QS 5000 - 1.ae 2.a=Quartas de Final :
-------- 3º=9º lugar (US$ 1.000 e 1.575 pts) e 4º = 13º lugar (US$ 700 e 1.440 pts)
1º: Luana Silva (BRA), Silvana Lima (BRA), Isabelle Nalu (BRA), Kiany Hyakutake (BRA) 
2º: Sol Aguirre (PER ), Dominic Barona (EQU), Summer Macedo (BRA), Genesis Garcia (EQU)
3º: Sophia Medina (BRA), Daniella Rosas (PER), Naire Marquez (BRA), Kayane Reis (BRA)
4º: Melanie Giunta (PER) ), Yanca Costa (BRA), Juliana dos Santos (BRA), Anne dos Santos (BRA)

BATERIAS DO LONGBOARD QUE VÃO FECHAR A TERÇA-FEIRA:

PRIMEIRA FASE DO LONGBOARD MASCULINO: 
--------3.o=17.o lugar (200 pts) e 4.o=19.o lugar (186 pts):
1.a: Matias Maturano (PER), Daniel Batista (BRA), Tony Silvagni (EUA)
2.a: Anderson da Silva (PER), Jefson Silva (BRA), Alexandre Escobar (BRA)

SEGUNDA FASE - entrada dos 12 cabeças de chave:
--------1.o e 2.o=Semifinais / 3.o=9.o lugar (350 pts) e 4.o=13.o lugar (295 pts)
1.a: Rodrigo Sphaier (BRA), Darlan Marques (BRA), Pedro França (BRA), 1.o da 1.a
2.a: Carlos Bahia (BRA), Julian Schweizer (URU), Yam Wisman (BRA), 2.o da 1.a
3.a: Piccolo Clemente (PER), Ignacio Pignataro (URU), Romoaldo Nascimento (BRA), 1.o da 2.a
4.a: Phil Rajzman (BRA), Jeferson Silva (BRA), Sebastian Cardenas Aguirre (PER), 2.o da 2.a

PRIMEIRA FASE FEMININA - 1.a e 2.a=Semifinais:
--------3.a=9.o lugar (350 pontos) e 4.a=13.o lugar (295 pts)
1.a: Chloé Calmon (BRA), Katellyn Oliveira (BRA), Rayane Amaral (BRA)
2.a: Ayllar Cinti (BRA), Monique Pontes (BRA)
3.a: Jasmim Avelino (BRA), Maria Clara Santos (BRA), Evelin Neves (BRA)
4.a: Maria Fernanda Reyes (PER), Ana Camila Kaspar (BRA), Atalanta Batista (BRA)

João Carvalho
WSL Latin America Media Manager

Gabriel Gontijo
WSL Latin America Comunicações

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE: A World Surf League (WSL) promove as principais competições de surfe no planeta, coroando os campeões mundiais desde 1976, com os melhores surfistas do mundo se apresentando nas melhores ondas do mundo. A WSL é composta por uma divisão de Circuitos e Competições, que supervisiona e opera mais de 180 eventos globais a cada ano; pela WSL WaveCo, que produz as melhores ondas artificiais de alta performance; e pela WSL Studios, com produções independentes de conteúdos e projetos com e sem roteiros.

Para mais informações, visite WorldSurfLeague.com.